Rua Dom Wilsom Laus Schmidt, 277, Córrego Grande, Florianópolis/SC, Brasil

Estudo das obras do André Luiz

Até 1944, ninguém havia contado com tanta riqueza de detalhes como seria a vida após a morte. Segundo Chico, o relato virou livro graças a um espírito que nunca teria revelado sua verdadeira identidade e que assinava as obras com o pseudônimo de André Luiz. O livro Nosso Lar, escrito por Chico Xavier enquanto estaria encarnado por ele, falava de um plano espiritual tão realista quanto futurista: o livro descreve comunicadores pessoais parecidos com nossos celulares, um “aerobus” (meio de transporte aéreo muito veloz) e telas planas semelhantes às TVs de plasma. Uma muralha com baterias magnéticas protegia Nosso Lar. A cidade tinha o formato de uma estrela de seis pontas e teria sido fundada por portugueses que desencarnaram no Brasil no século 16.

Desde que Nosso Lar chegou às livrarias, em 1944, já vendeu 2,5 milhões de cópias e foi traduzido para, pelo menos, 15 idiomas. A adaptação homônima em filme, de Wagner de Assis, estrelada por Paulo Goulart, levou 562 mil pessoas ao cinema no final de semana de estreia, em 2010.

O estudo das Obras do André Luiz pressupõe um mergulho para descrições incrivelmente detalhadas sobre o plano espiritual e a sua interação com a nossa vida de encarnado, inclusive, revelando os mecanismos de interação com os trabalhos realizados nas Casas Espíritas.

Missionários da Luz

Esta ano, no ICEF, o Grupo de Estudo das Obras do André Luiz, estuda o livro “Missionários da Luz”. A obra é considerada um dos melhores livros espíritas do século XX. Ele trata da mediunidade, da comunicação dos espíritos com o plano carnal e da ligação pelo pensamento que existe entre todos os seres humanos, seja na terra ou no além. Também aborda a oração como pedido de assistência, que sempre é respondida de alguma forma pelo plano espiritual. Após a vida, há ainda um longo caminho de aprendizado – daí confirmamos que estamos constantemente nos aperfeiçoando por meio da reencarnação, sempre orientados por espíritos superiores.

O estudo 

O estudo das Obras do André Luiz, acontece no ICEF às terças feiras de 20h a 21h30 e é realizado em roda de debate para navegar pelas páginas do livro estudado e esmiuçar as informações trazidas pelo André Luiz desde o plano espiritual.

Para quem pretende entender como funciona a organização do plano espiritual, esta é uma ótima dica de estudo.

Para participar, não se exige estudo anterior e basta fazer a sua inscrição através do site, neste link

Você também pode adquirir este os livros do André Luiz aqui.

O coordenador deste grupo é o Henrique Castro, que além desta atividade, coordena um dos grupos mediúnicos do ICEF, além de participar de outras atividades da Casa.

Seja muito bem vindo(a)! 

4 thoughts on “Estudo das obras do André Luiz”

    1. Bom dia Rosangela! O grupo de estudos é de Florianópolis. Embora tenhamos transmissões ao vivo de outras atividades da Casa, este grupo das obras do André Luiz é só presencial. Acredito que em Niterói deva ter grupos semelhantes. Se tiver interesse, pode procurar no Conselho Espírita do Estado do Rio de Janeiro (CEERJ) (www.ceerj.org.br). Lá encontrará as instituições da cidade de Niterói, e se fizer um contato, poderá buscar indicações.

      Abraços fraternos!

  1. Boa tarde, gostaria de saber se existem estudos científicos modernos sobre vida após a morte.
    Caso existam, se os senhores poderiam me indicar a fonte.
    Ficaria muito agradecido.
    Anderson

    1. Bom dia Anderson!

      Podemos indicar 2 lugares no Brasil:
      1) NUPES (ufjf.br/nupes): Núcleo de Pesquisa em Espiritualidade e Saúde, vinculado à Universidade de Juiz de Fora/MG. Eles tem muito material sobre pesquisas recentes sobre o tema reencarnação, mediunidade e vida após morte.
      2) Uniespírito (uniespirito.com.br): criado pelo Dr. Sérgio Felipe. Ele foi o primeiro pesquisador sobre o vínculo da glándula pineal no fenómeno da mediunidade. Tem diversas pesquisas nessa área, que naturalmente, envolvem a vida após morte (e a comunicação com os vivos). Produto dessas pesquisas surgiram diversas aplicações desses conhecimentos no campo da saúde mental e orgánica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *